Os 5 principais erros ao lidar com a ansiedade e o stress e como contorná-los

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Os 5 principais erros ao lidar com a ansiedade e o stress e como contorná-los

Os 5 principais erros a lidar com a ansiedade e o stress e como contorná-los
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

A ansiedade e o stress são emoções e sensações corporais, que pela atividade da mente humana tornaram-se problemas que têm vindo a crescer ao longo dos anos e que afetam uma grande quantidade de pessoas.

Estas problemáticas podem trazer diversas consequências como: Preocupações crónicas; medos e fobias; pior desempenho; medo de falar em público; ataques de pânico; transtorno do stress pós-traumático; agorafobia; obsessões e compulsões; preocupações em relação ao aspeto físico; vigorexia; uso excessivo de medicação; síndrome do cólon irritável; síndrome metabólica; úlcera de estômago; queda de cabelo e unhas quebradiças; entre outros.

Para além de questões como: dificuldade a dormir; dores musculares; alterações na pele; pressão alta; alterações do apetite; dificuldade de concentração e esquecimento frequente.

Como podes apreciar, a variedade de problemas ligados aos mesmos são imensas, o que se torna algo importante a dedicares atenção.

O maior responsável pelos mesmos é a tua mente, mais concretamente as tuas crenças negativas. É através delas que a ansiedade e o stress se revelam maioritariamente. São pensamentos negativos em que acreditas (gravados no teu inconsciente), que servem de “gatilho” para que estes se revelem.

Existem estratégias que se aplicam para lidar com a ansiedade e o stress no dia-a-dia e que te vou mencionar. No entanto, apenas farão sentido se observares os 5 principais erros ao lidar com a ansiedade e o stress, pois por mais que tenhas as estratégias, irás sempre cair nos mesmos erros, se não tomares consciência deles.

 

1- Não quereres sentir ansiedade e stress, ocupando-te

Já te deste conta de quantas vezes podes querer te ocupar ou te distrair para não sentires a ansiedade e o stress ou algum tipo de desconforto?

Essa mesma atitude, apesar de, por vezes, poder trazer algum alívio temporário, não resolve. Se puderes observar, ela tem um efeito contrário, ou seja, quando essas emoções surgirem novamente, poderão vir com maior intensidade. Isto pode dar aso a tornares-te gradualmente num vulcão pronto a explodir.

Experimenta fazer o contrário. Quando te for possível, permite-te sentir essas emoções e esse desconforto. Deixa de fugir e poderás trazer um maior alívio a ti mesmo.

 

2- Rejeitares o fluxo mental negativo

Quando os pensamentos negativos surgem, tentares evitá-los ou pensares positivo pode não funcionar muito bem, pois estes tenderão a surgir depois de uma forma insistente.

Faz o oposto. Amorosamente, dá-te a oportunidade de “ouvi-los” e apreciar a história que contam. Poderás aprender mais sobre ti e sobre a situação que estás a vivenciar.

Ao te permitires sentir as emoções e sensações associadas a esses pensamentos, estes poderão se ir dissolvendo gradualmente da tua experiência.

 

3- Quereres controlar o teu redor

Este é dos erros mais comuns que faz gerar muita ansiedade e stress.

A tendência a quereres controlar as situações, as pessoas, os pensamentos, as emoções e as sensações, faz gerar muito sofrimento, pelo simples facto de tentares fazer algo impossível.

Todas essas ocorrências não dependem de ti, elas simplesmente surgem. O que tiver de ocorrer, irá ocorrer e não há nada que possas fazer por isso. O melhor que podes fazer é te antecipar, quando possível, ou melhor ainda, entrares em paz com isso que queres que não aconteça. Sendo assim, é preferível fazeres-te a seguinte pergunta: “Uma vez que isto esteja presente, o que posso fazer por mim e pelos outros?”

 

4- Assumires a negatividade dos teus pensamentos como verdade

O facto de acreditares nos teus pensamentos negativos, leva a que sintas uma grande variedade de emoções e sensações desagradáveis, incluindo a ansiedade e o stress.

Aprende a questionar os teus pensamentos, de maneira a não sofreres desnecessariamente com aquilo que acreditas. Faz as questões: “Isto é verdade?” ou “Isto é mesmo verdade?” e tenta comprovar o contrário com exemplos da tua vida.

Deixo-te uma bela lei que me auxilia no dia-a-dia e espero que possa fazer o mesmo por ti: “Tudo aquilo que acredito e me faz sofrer, não é verdade.“. A verdade é leve, simples e tranquila. Cabe a ti agora descobrires isso.

 

5- Entrares em piloto automático

Muitas vezes podes entrar em piloto automático, repetindo comportamentos e atitudes de maneira inconsciente, deixando o teu fluxo mental assumir o domínio da tua vida. Enquanto não estás atento a esses mesmos padrões, acabas por sofrer.

Aprende a dedicar atenção ao momento presente, de maneira que o teu fluxo mental diminua e assim possas viver plenamente este momento. Poderás aprender a fazê-lo através da meditação e do mindfulness.

 

Estas são algumas sugestões para poderes lidar com a ansiedade e o stress, de maneira a trazeres alívio à tua experiência. No entanto, se quiseres aprender a ficar em paz com estas questões, recomendo que marques uma sessão gratuita comigo, para ver a melhor forma que te posso ajudar e aí poder te sugerir algo que vá ao encontro do que pretendes.

Para fazê-lo, clica aqui.

Grato e bem-hajas!

Partilhar:

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on pocket
Pocket
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pocket

Artigos Recentes:

FACEBOOK FEED

INSTAGRAM FEED

Instagram did not return a 200.

Comentários